Day after

Bom, de acordo com o meu último post – que também é o primeiro – se você voltou aqui há uma grande chance de você não ter gostado do meu texto. Voltou só de raiva. Raiva de você, não de mim.

Então parabéns! Você é um das 26 pessoas que acessaram – mas não necessariamente leram – o meu blog. Isso quer dizer que, no primeiro dia de vida, ele teve o dobro de leitores do Agamenon, que escreve n’O GLOBO. E, nesse ritmo, a ABL parece-me um caminho natural.

Essa fama toda – que para vocês pode parecer repentina – já rendeu aproximadamente 1 comentário. Tudo bem que foi da minha mãe, mas a gente tem que começar.

Isso de blog é um troço complicado pra burro.

 

aurelioMas, como pra burro eu não sirvo, estou tentando aprender. A duras penas! Mas faço isso para vocês, meus queridos (26) leitores. O layout ainda tá meio tosco, básico, e sem muitas emoções. Pouco a ver comigo, lógico. (Essa figura ficou meio forçada, mas eu acho engraçado à beça! Vejam outras em www.desencannes.com.br)

Acabou de tocar o telefone e vou ter que deixar esse post pela metade. Um amigo chamou para ir comer uma feijoada (aqui tá um frio glacial – para um carioca). Isso vai acontecer de vez em quando, mas é o preço da fama. Preço que vocês pagam, porque o famoso sou eu.

Minha amiga Dani acabou de entrar aqui no MSN. Aliás, devo um agradecimento a ela, pois foi a grande incentivadora para eu criar um blog. Pensando bem, vocês devem um agradecimento a ela…

Bom, depois eu retoco isso aqui então…

3 pensamentos em “Day after”

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *