Uma rapidinha e uma devagarzinha

Depois de vinte anos (e US$ 8 bilhões) se preparando para botar a partícula para correr, o Grande Colisor de Hádrons vai ter que dar uma paradinha para descansar, após trabalhar por quase dez dias seguidos. Pelo que dizem os jornais – e eu acredito – um defeito na conexão entre dois ímãs teria deixado o hélio escapar dos túneis (pô, hélio!). Resultado: vão fechar o túnel até o ano que vem (será que foi o fio-terra?). Perto dos segredos que se pretende revelar – como a idade do universo e o peso atômico do tungstênio – isso é praticamente um espirro. Um pequeno contratempo na nossa ansiedade em revelar segredos.

fita_isolanteNão pensem que estou torcendo contra. Todo dia acordo pensando se hoje vão descobrir o bóson de Higgs. E se vai chover. Nessa ordem. Ultimamente, chover tem sido mais comum. Mas eu sou brasileiro e não desisto nunca! E tenho certeza que lá no coração da Jamaica estão criando uma nova raça de partículas super velozes que vão varar os 27 km do circuito de Meyrin (Suíça) tão rápido que não vai dar tempo de o hélio escapar. Consertem esse troço logo para eu voltar a torcer! Não vejo a hora…

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *