Guaribada ortográfica

2009 realmente tem tudo para ser um marco na vida de todos nós. Mal começa o ano e já falamos outra língua, ou melhor, escrevemos. Entrou em vigor no primeiro dia deste ano o comentadíssimo (ainda tem esse acento?) Acordo Ortográfico (e esse?) da Língua (hummmm…) Portuguesa.

6a00e554b11a2e8833010536a98975970c-800wiUma mui importante decisão do nosso igualmente ocupado governo estabelece a isografia (se essa palavra não existia ainda, põe na minha conta) entre os países falantes do idioma de Camões. Não tenho dúvidas de que era isso que faltava para uma maior aproximação do Brasil a potências do quilate de Angola, Cabo Verde, Guiné-Bissau, Moçambique, São Tomé e Príncipe e Timor Leste.

6a00e554b11a2e8833010536aaabe6970c-320wi Estou certo de que agora, com essa poderosa aliança, o Brasil engrenará mais um período histórico de crescimento econômico. E, com esses aliados de peso, os bolivianos nunca mais roubarão nossa merenda, os peruanos não vão mais dizer nome feio perto de nós, os equatorianos não passam mais a fila na nossa frente e o Chávez… bom, o Chávez ainda vai continuar folgando com a gente.

A reforma? Bom, a reforma em si acho que é mais uma guaribada do que uma reforma propriamente dita. Um remendo, um jeitinho, sabe? Claro que sabe.

Qual o efeito prático disso? Intercâmbio cultural? OK, me diz aí o nome do último livro que você leu de um autor angolano. Que escritor moçambicano ganhou o Nobel de literatura? Pulitzer? Quem é o presidente de Cabo Verde? OK, o chefe de Estado de qualquer país da lista lá de cima? Qualquer pessoa? Eu também não sei.

6a00e554b11a2e8833010536aab094970c-320wi A parte realmente motivadora é saber que Governo e Congresso já disseram que vão ignorar a reforma. Apenas o Supremo obedecerá o decreto, pois passou os últimos três meses treinando seus técnicos para isso – já que não havia nada mais importante para fazer. Ah! quem pagou a conta foi você.

Qual será nossa próxima aventura? Acho que assim que o frenesi da ortografia acabar, podíamos mudar nosso sistema de medidas. ISSO seria realmente emocionante! Pesar em libras, pular em pés (trocadilho infame…), correr em milhas, beber em galões. Que coisa chique! E mudar o motorista para o lado direito, que lhes parece? A gente podia fazer um estágio com aqueles carros ambidestros das auto-escolas!! Acho que eu me empolgo facilmente…

____________________

PÓS-POST: Ouvi esses dias no Aeroporto, na área de retirada de bagagens de um vôo vindo de Manaus (ou seja, não era uma qualquer): “Espero que não quebrou minhas boneca preta.” Não será um conforto saber que essa criatura escreveria essa frase direitinho, com impecável ortografia? Conjugação de verbo e concordância do plural? Ah, isso não é importante…

3 pensamentos em “Guaribada ortográfica”

  1. O comentário mais apropriado que ouvi sobre este tema foi a de um Imortal da ABL que disse que uma mudança dessa natureza é feita para as próximas gerações. Nós mortais e imortais teremos muita dificuldade em compreender o valor, resistiremos com vários argumentos e provavelmente o custo/benefício para nós não justificaria.
    Lembro também que vivi o início da mudança para o sistema métrico nos Estados Unidos na década de 70 e de novo na de 90. Achava que eles NUNCA aceitariam pesar em quilo ou medir em metro. Há pouco tempo atrás fiquei surpreso como isto está mudando.

  2. “Uma mui importante decisão do nosso igualmente ocupado governo”. Tipo, você sabe que isso é obra do século passado né? Mas que deixaram a bomba armada pra quem fosse trouxa de fuçar. A culpa do governo atual é só de por em prática o que outros já tinham deixado combinado.

  3. Cada governo herda exatamente tudo aquilo que o outro lhe deixa e, por sua vez, passa adiante o resultado.
    O governo FHC herdou a hiperinflação e não passou-a adiante (não estou elogiando, apenas exemplificando), assim como o governo Lula recebeu, também, seu naco de piabas que serão resolvidas.
    O saldo dessa peneira é o resultado de um governo, mas colocar a culpa no antecessor não constrói dignidade.
    Se a bomba foi armada nos governos anteriores e detonada nesse, entendo que a culpa é 100% desse, porque ela podia continuar dormindo ali, num cantinho…
    Abraço,
    Rodolfo.

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *