Não posso mais evitar…

Poucas vezes na minha vida dediquei tanto tempo a alguma coisa – seja um hobby, um emprego ou um relacionamento. Do mesmo modo, poucas coisas tiveram tanta influência na minha vida, em todos os aspectos, quanto escrever um blog – novamente considerando a mesma tríade.

Como hobby entreteve-me e fez-me companhia. Forçou-me a buscar melhorias, aprimoramento, aperfeiçoamento. Li, pesquisei, reli e pesquisei mais a fundo. Debati e discordei, discuti e concordei. Depois tornei a discordar. Ou não.

6a00e554b11a2e8833015433d12050970c-800wi

Como trabalho, o Não Posso Evitar me viu perder dois empregos e ganhar uma profissão. Transformou um comentário malcriado em inúmeras portas abertas e uma improvável amizade que cultivo com iguais respeito, carinho e gratidão.

Replicou-se em colunas de sites expressivos e impressos iniciantes, mas promissores. E acabou culminando numa nova carreira, um outro objetivo de vida, uma completa revisão de crenças e valores.

Como relacionamento o blog mostra a cara do seu criador. Muitos vieram para ficar, adaptando-se estranhamente bem ao ambiente ao mesmo tempo ácido e açucarado, hospitaleiro e hospitalar, rude e aveludado.

Recebi elogios com satisfação confessa; críticas com indisfarçada irritação e pronto desejo de vingança; comentários indiferentes com semelhante indiferença.

Mas sempre hei de me espantar ao receber agradecimentos, confissões e depoimentos sobre o alcance das minhas palavras. Serei sempre surpreendido pela responsabilidade que meus textos carregam, a influência que exercem e os caminhos que indicam.

Encolho-me ao pensar nas vidas que mudei, carreiras que apontei, pais que orientei e filhos que segui. Orgulho-me dos blogs que ajudei a parir e dos que confiaram em mim para assumir suas próprias identidades – sejam espartanos ou meninas tímidas.

Acima de tudo agradeço, ainda incrédulo, os primeiros mil dias da sua atenção e aproveito para prometer outros incríveis mil. Porque mesmo estando apenas no início, já não posso mais evitar.

24 pensamentos em “Não posso mais evitar…”

  1. Parabéns pelos 1000 dias deste excelente blog, que acabou virando uma esquina obrigatória do ciberespaço!
    Obrigado por nos brindar com sacadas geniais e uma visão incomum sobre os mais diversos assuntos.
    Fã de carteirinha, desejo outro milhão de dias para o Não Posso Evitar e muito mais!
    Um abraço!
    Leandro

  2. Parabéns ao Não Posso Evitar, Blog tantas vezes recomendado por mim. A acidez, a inteligência e a contramão nas vias do pensamento coletivo, fazem dele irracionalmente irresistível.
    Ahuuu!

  3. Parabéns, Rodolfo.
    Parabéns e obrigado por ter criado o seu blog.
    Agradeço pois seu blog e você, claro, são os responsáveis pelas maiores mudanças comportamentais e intelectuais que tive ultimamente. Os livros que leio/compro, as opiniões que construo, muito de tudo isso passa por aqui. Hoje quando leio algo ou vejo alguém argumentar, logo penso: o que será que o Rodolfo falaria. 🙂 Claro que nunca vou conseguir reproduzir seu pensamento, pois você sempre surpreende, mas foi muito bom para meu crescimento. Crescimento pessoal, intelectual, profissional. Longa vida ao “Não Posso Evitar”.
    Obrigado por me tornar uma pessoa melhor.
    Um grande abraço.

  4. IH.. Rodolfo
    Sinto informar…..
    Eu também Não … Posso Evitar de vir aqui!!!!
    De vez em quando
    De quando em vez
    Para trocar
    Para receber
    Para acrescentar
    Para torcer que
    Perservere e progrida
    PazeBem!

  5. Você fez minha lista de livros crescer muito. Cheguei até seu blog justamente por buscar informação sobre comportamento humano. E eis que me deparai com o seu link Experimentos em Psicologia. Definitivamente um bom achado. Já passei o link de seu site para várias pessoas. E foi por aqui que cheguei até o blog do Balu que também acompanho. Não concordo com tudo, mas considero isso bom. Mas é bacana saber que tem gente que se indigna com assuntos que aceitamos bovinamente e que por vezes exaltamos como sendo algo bacana, quando não é isso que ocorre… Bem, estarei sempre por aqui em atalaia. Abraços.

  6. Parabéns, Rodolfo! Daqui do extremo mais ocidente da Europa acompanho o seu blog com muito interesse e satisfação…Não posso evitar… a sua leitura. Um bem haja.

  7. Parabéns, Rodolfo!
    Agradecemos por você nos brindar com suas ideias, pensamentos e experimentos. Somente os sábios conseguem se dispor a compartilhar conquistas.
    Abraço!
    Robson

  8. Parabéns Rodolfo!!
    Não sei exatamente como cheguei ao blog, mas vira e mexe dou uma visitada para ler os textos, porém nunca comentei sobre eles (uma pena).
    Ainda bem que o site não tem a palavra blog, pois se tivesse certamente eu não ira ler os textos, pois quando eu encontrei esse, estava no serviço, e lá blog não da para acessar… Abrasss

  9. Parabéns Rodolfo!
    E que venham mais 10.000 dias 🙂
    Continuo acompanhando os textos pelo e-mail, e infelizmente não tenho comentado… Mas seu trabalho continua primoroso e claro!

  10. Melhor que o tempo que passamos “juntos”, será o que está por vir!
    Bom saber que você vai continuar por aqui, nos provocando e levando a descobrir mais e mais. Você é um verdadeiro mestre, aquele que inspira a buscar conhecimento além do seu espaço.
    Beijo, obrigada!

  11. Queridos amigos, leitores e curiosos em geral, não tenho como agradecer tantas palavras gentis e carinhosas que vocês deixaram por aqui. Não só neste texto mas ao longo deste tempo todo. Jamais poderia imaginar quanta satisfação esta troca poderia me proporcionar.
    Dito isto, adianto que me esforçarei ainda mais para continuar a tê-los por aqui.
    Obrigado, Rodolfo.

  12. Parabéns pelo blog. Conheço há pouco mais de um ano e visito sempre. Já até comprei uns livros indicados por vc e vivo recomendando pra outras pessoas.
    Abraço

  13. Parabens Rodolfo!!! obrigado por ter dado suas opiniões incriveis e principalmente as resenhas dos livros, graças a elas li Drive e Outliers e pretendo ler muito mais
    Um abraço !!!
    Allan

  14. Rodolfo,
    Fico feliz em ter presenciado o nascimento do seu blog, tê-lo visto se firmar, sugerindo correções, temas, concordando e discordando. Porém, mais do que isso, sei que os nossos corações estão mais leves, porque buscamos aquilo em que acreditávamos, tranformando o que se desenhava imutável por belas mutações. Crescemos nesses mil dias. Continue contando comigo, aqui ou aí. Beijos orgulhosos.

  15. Rodolfo!
    Não entendo de política, ou economia. Simplesmente sinto um bem estar e conforto incrível lendo o ‘Não posso evitar…” Muitas vezes quando estou um pouco sem direção, ou irritada com a frívolidade exagerada de alguns amigos, entro no Blog e me sinto no eixo novamente! Sem contar que seus comentários ácidos rendem boas risadas!
    Parabéns!

  16. Grande Rodolfo!
    Você realmente não tem idéia do alcance que obteve. Em primeiro lugar comecei a admirar os seus textos pela capacidade de pensar “fora do quadrado” e pela lógica aguçada.
    Depois por provavelmente estarmos em posições bem diferentes no que diz respeito à espiritualidade e ainda assim poder reconhecer alguém que posso respeitar completamente.
    Já indiquei seus textos por diversas vezes, com certeza já tendo contribuído e retribuído com novos leitores.
    Um grande abraço e sucesso também nos próximos 1000!

  17. Oh que susto! Assim que li o título do post todo meu pessimismo já veio a tona e confesso que pensei: “Sabia. Vai deixar de escrever. Vai dizer que está muito ocupado e abandonando o blog, talvez ‘temporariamente’. É sempre assim. Provavelmente vai escrever só para revistas pagas ou algo assim, agora que já fez sucesso. Bem, pelo menos deixou um bom acervo que poderei ler de vez enquando…”
    Fico muito feliz de estar errado. Espero que você não pare nunca. Será muito interessante – para seus leitores e também para você – observar suas idéias amadurecendo ao longo do tempo. Seu estilo mudando…
    Leio alguns blogs estrangeiros de excelente qualidade e fico sempre pensando como seria bom se o autor fosse brasileiro. Se além de ter excelente conteúdo, idéias sensatas, equilibradas, originais, posições esclarecidas, argumentos sólidos mas sinceros, criatividade e produção frequente escrevesse também sobre minhas realidades mais próximas e imediatas. Por sorte você é um dos poucos autores nos quais encontrei isso.
    Claro, não importa que não tenhamos plena identidade de opiniões. Ao contrário, é excelente que não haja. Adoro ouvir opiniões diferentes, idéias diferentes, divergentes – desde que bem fundamentadas. É ótimo encarar novos pontos de vista e pensar sobre eles. Amplia a visão. Mesmo que nunca venha a concordar. A inteligência se expande.
    Pois bem, já que o combustível da arte, se me permite considerar assim, é o elogio e o aplauso, espero que com os comentários ao post de hoje seus leitores já tenham conseguido garantir pelo menos mais alguns anos de suas palavras. E nunca esqueça das pessoas que, mesmo não tendo algo relevante a comentar, lê cada post, não perde um, ansia pelo seguinte.
    E viva o RSS!

  18. Nossa, que postagem legal! E que bom que os seus caminhos te trouxeram até aqui. O seu blog é uma ótima companhia, sua forma de escrever é refrescante e a única postagem que merece crítica foi aquela em que você falou que quem gostou do final de Lost se enganou pra querer justificar ter investido tanto tempo na série e blá blá blá. Um absurdo! Mas né… Faz parte! Se você fosse perfeito seria irritante. 😉
    Obrigada pelo seu blog!
    P.S. – Quando eu comecei a ler também gelei. Achei que você iria parar de escrever!!! o.O

  19. Grande Dudi,
    Não sei se você vai gostar de seu apelido de infância estar sendo divulgado em seu blog…mas “não posso evitar” de te chamar por esse apelido. Para mim você sempre será o Dudi.
    Também entendi no início do texto que você pararia de escrever o blog, e que bom que estava errado.
    Aproveito a oportunidade para agradecer a homenagem que você fez a mim e ao pequeno Augusto em seu texto de 29/01/09 sobre Rock Balboa.
    Felicidades Amigo
    Abraços do Mazinho

  20. Bom dia ! Ontem e hoje , 12/10/2013 , tiver o prazer de descobrir este blog , e quero parabenizar o autor pela empreitada e coragem …excelente fonte de informação e atualização dos aspectos da vida humana .
    Seus textos são ótimos , ganhou mais um admirador .
    Parabéns e até a próxima ,
    abs.Marcos

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *